sábado, 26 de março de 2011

21 Días en el mundo del sadomasoquismo.

Acabei de assistir pela internet um programa de 1h do canal de TV Espanhol Cuatro falando sobre Sadomasoquismo. A reportagem protagonizada pela Apresentadora/Reporter e quase-domme Adela Ucar é muito bom.
NO programa, a apresentadora muito simpática e dona de um belo sorriso encara por 21 dias o mundo BDSM. Vivenciando sessões com dommes profissionais, conhecendo casais e até participando de uma festa fetichista.
Diferentemente do que faz as televisões "Globais", gostei muito do programa pois mostra BDSM como realmente é, sem glamour, sem marketing ou distorções. Mais interessante ainda é a sinceridade da apresentadora.
Interessante pois inicialmente ela não compreende (e nem consegue) como inflingir dor a uma pessoa pode ser prazeroso, mas pouco a pouco ela vai compreendendo este mundo e vendo que junto à dor, existe muito carinho e amor.
E ao final da reportagem, Adela termina dizendo:
"Sado não se explica, se sente e que nunca ia compreender pois o que faz mal para mim faz bem para outros. E também me dou conta de que o comum não é suficiente para alguns se sintam completos e a verdade é são muitas pessoas que encontram nesta sexualidade alternativa para uma liberação... desde seja sensato seguro e consensual não há problema em realizar suas fantasias" (tradução pessoal).
assistam através do link abaixo.
http://play.cuatro.com/directo/programas/21-dias/ver/21-dias-en-el-mundo-del-sadomasoquismo

sexta-feira, 25 de março de 2011

O BDSM é dos nerds

BDSM é dos nerds
Oi, estou aqui para falar de uma constatação e blasfemar sobre os possíveis motivos deste fato.O fato é que o BDSM é tomado por nerds, para não dizer que BDSM é feito por nerds. E digo tanto por dominadores, dominadoras, submissos e submissas. Em todos os lados, estão os nerds (eles e elas).
Para muita gente ser nerd é insulto, mas nerd é aquele que tem hobbies e costumes fora de moda ou interesses em coisas que a grande maioria não vê graça e é apreciado somente em pequenos grupos. Geralmente é o desajustado e estranho por simplesmente não seguir a modinha. Geralmente são pessoas distantes da sociedade e com facilidade de aprendizado, pois pensam e vêem as coisas com os próprios olhos e sem medo de ser o diferente.
Isso acaba levando à tecnologia, seja como refugio ou pela facilidade. Mas o nerd é geralmente associado a tecnologia. Poderiamos chamar de geek ao invés de nerd, mas este é um termo ainda obscuro para mim.
Os nerds são maioria no meio justamente porque ele já está acostumado a ser diferente, a não se importar com as boas maneiras e bons comportamentos. As Historias em Quadrinhos, Livros e Filmes de ficcção científica e Jogos RPG são um excelente treino para se tornar membro de uma comunidade BDSM. E ainda, são interessados em aprender, vivenciar e a explorar.
Enquanto uma festa BDSM para a maioria dos "normais" se parece como uma orgia ou uma festa do deus Baco, para um nerd não passa de uma reunião de fãs do Star Trek ou um Cosplay.
Então, quando estiver procurando alguém para bater, apanhar, amarrar ou ser amarrado, pergunte e tente descobrir se esta pessoa é nerd, e se for, acredito que já é metade do caminho.